Brasileiro pode entrar na Itália? Novas regras sobre as fronteiras da Itália!

Todos nós estávamos aguardando a nova atualização do atual decreto em vigor que sairia ontem, dia 15 de dezembro, falando sobre as novas regras para quem vem de outros países e quer entrar na Itália, e a pergunta que todos vocês começaram a me fazer foi: Pri, mudou alguma coisa para brasileiros?


Como eu já disse outras vezes e vocês já devem saber disso, desde o início da pandemia a Itália publicou alguns decretos que visam tentar controlar o número de novos contágios. Uma das primeiras coisas foi instituir as cores dentro do país, fazendo com que existem zonas que são divididas de acordo com o número de contágios, então temos a zona branca, amarela e vermelha.


Regras atuais na Itália


Mas, além desse controle territorial onde as regras mudam de acordo com cada região do país, a Itália também implementou regras para a entrada de outras nacionalidades no país. Ontem, dia 15, saiu a prorrogação do atual decreto que estará em vigor até o dia 31 de janeiro de 2022, justamente para tentar conter novos contágios devido às festas de final de ano e para tentar controlar os casos que têm ocorrido através da contaminação da nova variante Omicron.


Além disso, a Itália também prorrogou a data do estado de emergência, que era até o final do ano, e agora foi prorrogado até dia 31 de março de 2022. Algumas coisas também mudaram em relação ao Certificado Verde, o GreenPass, que é a certificação que quem é vacinado, curado ou fez um teste com resultado negativo usa para fazer as coisas do dia a dia no país.


A ideia é incentivar o máximo possível de pessoas a se vacinarem, e para isso, criaram também o GreenPass rafforzato, que é válido apenas para aqueles que são vacinados ou curados da doença, não é válido para quem possui um resultado negativo do teste, seja ele antigênico ou molecular. Esse GreenPass será exigido em vários lugares, então para quem não for vacinado ficará difícil trabalhar ou frequentar lugares públicos, e até mesmo usar o transporte público e fazer viagens.


Novas regras para quem entra na Itália vindo de um país da União Europeia