Como morar legalmente na Itália

Além de vir para a Itália como um cidadão italiano (ou europeu), existem outras formas de se legalizar no país. Mas, é importante ressaltar que, para qualquer emissão de visto para viver legalmente aqui, você deverá fazer parte do trâmite estando ainda no Brasil, e não quando estiver na Itália com o visto de Turista. Vamos abordar resumidamente algumas formas que você poderia fazer para vir morar legalmente no país.


Visto de estudo para a Itália


É um dos meios atuais mais fáceis de morar na Itália para quem não é cidadão europeu. O visto te permite morar no país pelo tempo do curso, e pode ser convertido (mediante disponibilidade) para visto de trabalho, fazendo com que você possa permanecer por mais tempo no país.


Além disso, o estudante tem o direito de trabalhar até 20 horas semanais durante o período que compreende o visto.


Visto por motivo familiar


É um visto que permite a entrada de familiares de estrangeiros que residam legalmente na Itália. Porém, existem algumas regras e leis para a emissão deste visto como: grau de parentesco, renda, condições da habitação etc.


Além disso, as regras mudam para quem é cidadão italiano e quer trazer um parente, em relação a quem tem um permesso di soggiorno e quer fazer o mesmo. Antes de pensar em trazer um parente para a Itália, pesquise e veja quais são os requisitos para tal, existem leis, e elas poderão ser diferentes de cidade para cidade.


Visto de trabalho para a Itália


O visto de trabalho para a Itália pode ser de três tipos: autonomo, stagionale e suborninato. Para a emissão desses vistos, existe um decreto anual que estabelece o número de vistos que serão concedidos, esse decreto se chama “decreti flussi”. Para que uma pessoa seja contratada, ela deve ter um “datore di lavoro” na Itália, ou seja, um empregador, e essa pessoa (que será contratada) deve ainda estar residindo em seu país de origem. Porém, a emissão deste visto não está fácil! Poucos brasileiros conseguem esse visto, e a maioria consegue porque são transferidos da empresa no Brasil para uma sede na Itália.


Da mesma forma que funciona com o visto de estudo, o visto de trabalho também é feito quando a pessoa ainda está no Brasil, pois parte do trâmite é feito via consulado italiano.