Itália inicia vacinação anti COVID-19

A campanha de vacinação anti-Covid começou em toda a Europa dia 27/12/20, também conhecida como Vax day. Vários países, incluindo a Itália, já iniciaram a aplicação das primeiras doses, e a ideia é que esses números aumentem consideravelmente com o passar dos dias.


Primeiras pessoas vacinadas na Itália


As três primeiras administrações já foram realizadas no Instituto Spallanzani em Roma (um hospital de doenças infecciosas): a professora Maria Rosaria Capobianchi, a enfermeira Claudia Alivernini e o assistente social de saúde Omar Altobelli, foram os primeiros na Itália a receber a vacina anti-Covid às 7h20 desta manhã. Logo em seguida, duas médicas do instituto, Alessandra Vergori e Alessandra D’Abramo.



A campanha está acontecendo em todas as regiões do país nos hospitais escolhidos pelo programa de vacinação lançado pelo governo. As doses entregues na Itália para o 'Dia da Vacina' são 'simbólicas', somando um total de 9.750: a distribuição real começará a partir dessa semana e, a partir de amanhã, de acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 470 mil doses chegarão à Itália.



Plano de vacinação anti COVID-19 na Itália


Após o Vax Day de 27 de dezembro, a Itália inicia imediatamente um processo em algumas etapas para a administração de vacinas anti-Covid à população com a intenção declarada de terminar em setembro, antes da reabertura das escolas. A partir do dia 28 de dezembro, terá início a distribuição das doses e serão entregues cerca de 470 mil doses todas as semanas.