• Coisas que eu sei

Os trabalhos mais fáceis de conseguir na Itália

Atualizado: Mar 23

Se você pensa em vir morar na Itália, é fundamental que entenda sobre o mercado de trabalho e as opções que você terá a sua disposição (e como aproveitá-las). De uma coisa você que é meu leitor a mais tempo já sabe: todo recomeço é difícil. A maioria das vagas serão para empregos mais simples e que não exijam qualificação profissional, mas são tão dignos quanto qualquer outro. E para isso você não precisará ser fluente no idioma, e sim ter uma noção básica da língua, neste caso, o italiano.


Como conseguir o primeiro emprego?


Antes de mais nada, você precisa saber que conseguir um emprego na Itália funciona basicamente como no Brasil: entregar currículo, mandar e-mails, se candidatar pessoalmente, ter indicação, ir nas agências de trabalho (que funcionam muito bem) etc. E, escute meu conselho: estude o italiano! A língua é o fator fundamental que dirá quais trabalhos você conseguirá e a velocidade com a qual fará isso.


Aproveite e dê uma lida nos posts que você encontrará aqui no blog sobre trabalho na Itália, tem bastante informação sobre o assunto!


Quais são os trabalhos mais comuns para um imigrante na Itália?


Mesmo com cidadania italiana, você sabe que somos recém chegados no país e que somos vistos como imigrantes, afinal de contas, é o que realmente somos. E isso não é um prolema, estou apenas esclarecendo para você entender que no começo algumas vagas são mais destinadas a nós pelo fato da falta da língua, da falta de cursos feitos aqui, de não termos quem indica etc.


A seguir, deixarei uma lista com o nome de 10 trabalhos que provavelmente você terá mais chances de conseguir inicialmente:


Lava-pratos: como o próprio nome já diz, lavar pratos em restaurantes é uma opção bastante comum, e você encontrará principalmente mais vagas durante o verão.


Limpeza de casas e hotéis: conseguir faxinas esporádicas em casas de famílias é algo bem comum, bem como trabalhar limpando hotéis e apartamentos que são usados pata fins turísticos.


Limpeza de escadas de condomínios: algo bastante comum, porém podem pedir que você tenha carro próprio para poder você mesmo levar os produtos para a limpeza, mas é um trabalho que vemos bastante vaga.


Badante: seria cuidador de idoso, também tem muita vaga, mas este é um ponto importante para discutirmos, pois é bem diferente da profissão no Brasil.


Entregador de comida: a cada dia vêm crescendo mais o número de aplicativos e empresas que trabalham com entrega a domicílio, principalmente de bike. O Deliveroo é um exemplo que temos visto nos dias de hoje, basta ter uma bike e se cadastrar para as entregas.


Motoboy: muito comum principalmente nas pizzarias, mas na maioria dos casos pedem moto própria.


Indústria: principalmente na linha de produção. É uma boa ideia de trabalho, e a contratação ocorre na maior parte das vezes através de agências de emprego.


Magazziniere: pessoa responsável pelo armazém, depósito, seja de lojas ou galpões maiores.


Motorista de furgão: outro trabalho bem comum, fazer entregas com furgões, basta ter uma carteira de motorista.


Garçom: exato, mesmo com pouco idioma, é uma profissão que tem demanda na Itália e com dedicação você poderá ter bons salários e oportunidades.


Bom, se você gostou desse assunto, que tal dar like nesse post e deixar um comentário de apoio para o Blog? Assim produzo mais conteúdos desse para vocês, e posso incluir quanto que é pago para cada profissão dessa, o que você acha? Nos vemos no próximo post 🙂


Posts recentes

Ver tudo
 

Formulário de Inscrição

Toscana, Itália

  • Instagram
  • Facebook

©2020 di Coisas que eu sei.