Como solicitar o seguro-desemprego na Itália?

Conhecido como “Disoccupazione”, “Indennità” ou mais comumente chamado de NASP, o seguro-desemprego também existe na Itália, e no post de hoje darei alguns detalhes de como funciona, como solicitá-lo e como foi a minha experiência.


Quem pode solicitar o seguro-desemprego?


Para ter acesso ao seguro, você deverá estar de acordo com alguns requisitos mínimos e apresentar o pedido ao INPS que o avaliará e, se necessário, concederá o benefício. O próprio Instituto, para facilitar a prática, colocou à disposição dos cidadãos um serviço NASpI Pré-compilado online, ainda em fase de testes, mas que ajuda a saber se a pessoa pode solicitar ou não o seguro.


Além de ter sido demitido (sem ser por justa causa), você precisa exclusivamente a uma das seguintes categorias:

  • Ter um contrato de trabalho a tempo determinado ou indeterminado;

  • Trabalhadores agrícolas em regime fixo ou permanente;

  • Aprendizes;

  • Pessoal artístico com contrato subordinado;

  • Membros trabalhadores de cooperativas com vínculo empregatício.

As seguintes categorias de trabalhadores também podem se inscrever para benefícios de desemprego:

  • Trabalhadoras que pediram demissão por justa causa durante o período de maternidade;

  • Mães trabalhadoras obrigadas a demitir-se durante o período protegido pela maternidade;

  • Trabalhadores despedidos por motivos disciplinares.