Seguro viagem com cobertura para coronavírus: saiba mais!


Viajar em tempos de pandemia tem sido um desafio, ainda mais pelo medo de acontecer uma emergência em relação a saúde, hospitais lotados, custos etc. Mesmo após a saída da vacina, é importante que façamos atenção para viagens, mesmo que nacionais, e principalmente sabendo da importância de ter um seguro-viagem com cobertura para o coronavírus, em países onde é obrigatório apresentar um seguro ao chegarmos lá.


Seguro viagem para a europa


Brasileiros que viajam para a Europa precisam apresentar um seguro viagem privado: pode ser o seguro do cartão ou uma empresa contratada, ou utilizar o seguro CDAM, que é gratuito; porém, é importante falar das diferenças entre os dois tipos de seguros, para entender quais são as coberturas e como funciona.


Quem viaja para a Itália, Portugal e Cabo Verde pode solicitar o PB4 (para uso em Portugal e Cabo Verde) ou IB2 (para uso na Itália), que é um seguro de saúde gratuito graças a um acordo bilateral firmado entre o Brasil e cada um destes países. Tal seguro é válido para atendimentos em hospitais públicos onde o cidadão estrangeiro irá pagar o mesmo valor que um cidadão nativo daquele país.


Quando comparado ao Seguro Viagem privado, a diferença é que o privado oferece assistência médica e odontológica na rede particular de hospitais conveniados cobrindo (ou reembolsando) todos os gastos que o contratante venha a ter, regresso sanitário e repatriação em casos de doenças graves ou morte, indenização por extravio de bagagem, atrasos de voos, assistência jurídica e legal, entre outras vantagens sendo válido para toda Europa ou mundo (dependendo do seguro que você contratar), e claro, cumpre as exigências da UE.